Num cenário em que vivemos conectados virtualmente e o digital ocupa todas as facetas do nosso quotidiano sem exceção, falar em presença digital pode parecer um conceito óbvio na cabeça de muitos. Contudo, esta noção não se fica por apenas existir na internet e vai muito mais além.

Na verdade, se há umas décadas se olhava para o futuro e falava-se em carros voadores ou mesmo em teletransporte, a realidade de 2022 é bem diferente e muitas vezes nem nos apercebemos da presença de tecnologia nos mais ínfimos pormenores. Desde os assistentes por voz, como é o caso da Amazon Alexa, até aos motores de busca com resultados totalmente adaptados a cada utilizador, o contacto com o digital é realmente transversal a todos os domínios da nossa esfera pessoal, não deixando ao acaso o universo corporativo.

Fenómeno facilmente comprovado apenas pela quantidade de dispositivos eletrónicos que encontramos à nossa volta, a verdade é que a utilização da internet veio tirar quaisquer dúvidas que restassem. Somos seres cada vez mais digitais e quem o diz é o Instituto Nacional de Estatística (INE) que afirma que, de acordo com dados de 2020, 84,5% dos agregados familiares portugueses encontravam-se ligados a esta ferramenta, com um claro destaque para zonas como a Área Metropolitana de Lisboa.

Por sua vez, no Brasil a tendência também parece manter-se, apresentando números semelhantes aos portugueses. Tal como consta na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) referente a 2019, 82,7% das casas brasileiras também tinham acesso à Internet.

Assim sendo, se pensarmos bem, é quase impossível alguém ou algum negócio não estarem presentes na internet, não é verdade? Venha então entender o que é presença digital, um conceito que pode parecer simples, mas tem muito que se lhe diga!

Mas afinal, o que é presença digital?

Presença digital é a soma de todas as ações realizadas por um indivíduo ou empresa na internet, de maneira integrada. Isto quer dizer que quando olhamos para este conceito, vemos a existência no virtual como um todo, não apenas comportamentos isolados como criar uma simples conta numa rede social.

Transversal a qualquer canal de comunicação nas plataformas virtuais, é importante lembrar que a mensagem de cada um deles deve estar alinhada e em conformidade com a sua missão, valores e objetivos. Por isso, se tomarmos como exemplo as redes sociais, sabemos que o tipo de conteúdo publicado numa plataforma profissional como o LinkedIn não deve ser o mesmo que o partilhado numa rede mais informal como o Facebook.

Só conhecendo o propósito de cada canal, que pode ir desde e-mail até à criação de um website, podemos acrescentar qualquer tipo de valor ao nosso público, construindo e preservando uma relação com o mesmo no digital.

Desta forma, podemos afirmar que a presença digital é o resultado do posicionamento de um indivíduo ou de uma empresa na internet e tudo o que isto engloba, desde o meio de comunicação utilizado, até ao conteúdo criado e à interação que isso gera.

Por outro lado, a noção de presença digital também pode ser entendida de outra perspetiva, representando a forma como somos vistos pelo nosso público. Efetivamente, quem nos assiste e acompanha virtualmente assume um papel crucial na nossa relevância digital, tornando-se necessário atraí-lo e envolvê-lo da forma mais benéfica possível.

Acima de tudo, é preciso ser autêntico. Caso contrário será ignorado — ou mesmo repudiado — pelo seu público.

As organizações no digital

Mais do que nunca, impulsionar o seu negócio é significado de uma presença digital ativa e de qualidade!

Para além de ser uma forma de se distinguir entre a concorrência e trazer maior credibilidade e visibilidade para a organização, trabalhar na presença online da sua marca é quase a única forma de conseguir vender algum produto ou serviço no século XXI. Por outro lado, esta é uma oportunidade de angariar novos clientes e fortalecer a relação com os atuais, assim como reafirmar a sua autoridade no respetivo segmento e diminuir potenciais custos com meios de comunicação físicos.

Mas se acha que o seu negócio só precisa de um website para ter uma boa presença digital, temos a dizer-lhe que está enganado. Com tantas formas de comunicar virtualmente, ter um site da empresa tornou-se verdadeiramente ineficiente… — mas isso já é assunto para o próximo artigo.

Os pilares da Presença Digital

Falar de presença digital deve ser entendido como um processo ininterrupto, que parte de um propósito e que, depois de aplicado, necessita de um constante monitoramento. Por isso, numa realidade totalmente digital, comece a pensar no seu papel neste cenário e trabalhe-o junto da sua comunidade virtual. Do que está à espera?

Este artigo faz parte da série Presença Digital. Clique aqui para ver a série completa.

Leia mais

Leia
Preciso ter uma equipe muito grande?

Preciso ter uma equipe muito grande?

Lendo os artigos anteriores desta série sobre presença digital, você deve ter percebido o quanto o planejamento é importante. Para definir os melhores canais a serem utilizados e a estratégia aplicada em cada um é preciso ter processos bem definidos. E pensando em...